Fique atento ao descarte de resíduos sólidos e recicláveis no Carnaval


Publicado em: 01/03/2019 18:00
Fique atento ao descarte de resíduos sólidos e recicláveis no Carnaval

Foto: Marcelo Martins

O Carnaval já está aí para fazer a alegria de muitos foliões, mas com as festas sempre há aumento do volume de lixo gerado nas cidades. Descarte de copinhos, latinhas, lixo espalhado pelas ruas e nas calçadas são cenas comuns neste período. Por isso, o Samae, por meio da Gerência de Resíduos Sólidos, tem algumas soluções sustentáveis para a população ajudar o meio ambiente sem atrapalhar a diversão.

Para as pessoas que optaram por viajar e precisam descartar o lixo antes de pegar a estrada, o ideal é colocá-lo fora da residência ou nos containeres de coleta de lixo, devidamente empacotado, somente no dia em que o caminhão faz o recolhimento. É importante lembrar que há uma programação específica de coleta do lixo comum (orgânicos e rejeitos) e para a coleta de resíduos recicláveis.

O gerente de resíduos sólidos, João Carlos Franceschi, explica a diferença entre resíduos orgânicos, rejeitos e recicláveis. “Os rejeitos são todos os materiais já misturados com resíduos orgânicos. As embalagens plásticas e de isopor sujas de carne, papel higiênico usado e jornais utilizados para colocar fezes de animais são alguns exemplos de rejeitos. O lixo orgânico é todo o alimento não ingerido, cascas de frutas, verduras e etc. Esses são materiais que podem ser acondicionados de forma correta para a coleta do caminhão de resíduos sólidos”.

Os materiais recicláveis são as latinhas de alumínio, garrafas de plástico, papel, caixa de papelão, entre outros, e podem ser colocados nos containeres de coleta, em lixeiras ou em sacolas plásticas para o caminhão de resíduos recicláveis recolher. “O ideal é sempre colocar o lixo no dia determinado para a coleta, assim evitaremos a contaminação do solo e dos nossos rios, porque se este lixo não for acondicionado de forma correta e chover, a água levará todo esse resíduo poluidor para o rio. Isso influi diretamente no custo da nossa água, porque o Samae precisará gastar mais para o tratamento da água que será distribuída pela rede para o consumo”, afirma João Franceschi.

Para os foliões, lembrem-se de descartar suas latinhas e copos plásticos nas lixeiras coletoras específicas e separadas por cor, conforme o material reciclável, ou nos containeres de cor azul dispostos nas principais ruas da cidade. As datas da coleta de resíduos sólidos e de resíduos recicláveis podem ser conferidas aqui.

Dúvidas ou reclamações podem ser feitas pelo telefone 3222- 4150.